Uma revisão de estudos revelou que a qualidade da dieta interfere na progressão de uma doença capaz de levar à cegueira  

Segundo o trabalho, dietas no estilo oriental e mediterrâneo, com abundância de peixes e vegetais, tendem a reduzir o risco de progressão do quadro. Enquanto isso, um padrão ocidental, cheio de junk food, estaria mais associado ao desenvolvimento da doença.  

De acordo com Gabriel Andrade, oftalmologista do Instituto da Visão, em São Paulo, já existe um suplemento de vitaminas e minerais direcionado a pacientes com o problema. “Agora, a revisão mostra que também vale orientar a alimentação nesse contexto”, avalia o médico.  

Onde investir e no que maneirar 

O estudo indica que vegetais ricos em carotenoides (responsáveis pelos tons avermelhados e alaranjados dos alimentos), a exemplo de cenoura e tomate, são parceiros da visão. Outro benfeitor seria o ômega-3, gordura encontrada em peixes como sardinha, salmão e atum.

Já fontes de açúcar e ômega-6 (como alguns óleos vegetais), além de carne vermelha, embutidos e álcool, pedem moderação. 

Fonte: Saúde Abril 

2017 © Copyright - Grupo Líder Plan